domingo, 18 de janeiro de 2009

há um ano atrás



[...]

são momentos, são impulsos, são paixões...
cartas, quadros, fotos, flores ou canções...
de luares, mil sóis e dias por haver!
e é tudo sempre o mesmo, tão diferente
que sinto, quero, ouço e prendo tanta gente
e no fim só tu me tens sem eu te ter.


escrito ha sensivelmente um ano atrás...
quando conclui que
'a vida não tem encanto, tem projectos, planos, sortes, azares e coincidências'





*

1 comentário:

Teresa disse...

Mariana, para nao pensares que te escolhi por seres amiga do Diogo, acabo de postar no "ematejoca azul" um texto teu. Pelos teus textos e poemas bem "diferentes" mereces o BLOG DE OURO.

Beijinhos!